Remédios com mel para insônia

Compartilhe:
Você gostou?

O que vamos falar neste post não é nenhuma novidade para os orientais: devemos consumir mel todas as noites.

Na Europa, recomenda-se beber uma xícara de leite quente com uma colher (chá) de mel antes de dormir.

Esse costume vem desde a Idade Média e até hoje está presente em muitas famílias.

No entanto, há também que prefira misturar duas colheres (chá) de vinagre de maçã com duas colheres (chá) de mel num copo de água morna para beber antes de ir para cama.

E os mexicanos também indicam uma receita incrível com mel: misturar uma colher (chá) de mel com uma xícara de chá de camomila.

Vejam que todas essas receitas têm algo em comum: o consumo de mel à noite.

Isso com certeza não é por acaso.

Alguns terapeutas naturalistas acreditam que os remédios naturais que contêm mel melhoram o sono significativamente.

E há motivos para pensar assim:

1. O mel armazena o glicogênio no fígado durante as horas de sono.

Ou seja, ele evita a liberação do cortisol e da adrenalina, hormônios do estresse.

2. Estabiliza os níveis de açúcar no sangue.

3. Contribui para a liberação da melatonina, o hormônio necessário para a recuperação e reconstrução dos tecidos do corpo durante o repouso.

Esse mecanismo é conhecido como mel-insulina-melatonina ou o ciclo HYMN.

Tudo funciona da seguinte forma:

1. A porção de glicose do mel passa para o intestino, através da circulação do fígado e circulação geral, produzindo um pico de glicose suave.

2. A elevação suave do açúcar no sangue induz uma liberação controlada de insulina no pâncreas.

3. A presença de insulina na circulação geral conduz o triptofano ao cérebro.

4. O triptofano é convertido em serotonina, um hormônio-chave que promove o relaxamento.

5. Quando estamos no escuro, a serotonina é convertida em melatonina na glândula pineal.

6. A melatonina ativa o sono ao reduzir a temperatura corporal e outros mecanismos.

Além disso, também inibe a liberação de mais insulina do pâncreas, evitando assim uma queda rápida no nível de açúcar no sangue.

7. A melatonina promove a liberação do hormônio do crescimento.

O hormônio do crescimento é o hormônio que rege toda a fisiologia da recuperação.

Este é o primeiro passo na recuperação ou fisiologia restauradora que ocorre durante a noite.

8. Uma cascata de hormônios de recuperação inicia o reparo, manutenção e reconstrução dos tecidos ósseos, musculares e outros tecidos corporais.

9. A melatonina afeta a consolidação da memória para a formação de moléculas de adesão celular neural durante o sono REM.

Essas moléculas são necessárias para o processamento da memória de curto prazo do hipocampo em memória de longo prazo no córtex cerebral.

10. Simultaneamente, a fração de frutose do mel desempenha seu papel crítico.

O fígado absorve frutose e converte-o em glicose e, em seguida, em glicogênio no fígado, proporcionando ao cérebro um suprimento sustentado de glicose para a noite.

11. Além disso, a frutose regula a absorção de glicose no fígado, provocando a liberação de glucoquinase dos núcleos de hepatócitos.

Assim, a frutose assegura um bom fornecimento de glicogênio no fígado durante a noite e evita uma grande pico de glicose/ insulina.

12. Um suprimento adequado de glicogênio no fígado significa que os hormônios do estresse não precisam ser liberados.

E então, já deu para perceber que realmente vale a pena consumir mel antes de dormir, não é verdade?

Trouxemos algumas receitas para potencializar o efeito desse ingrediente:

1ª receita

Adicione uma colher (chá) de mel numa xícara de chá de camomila quente ou de flor de laranjeira.

Beba antes de dormir.

2ª receita

Adicione duas colheres (chá) de mel a uma xícara de leite morno (você substituir o leite de vaca por um leite vegetal, como o de gergelim).

Beba antes da hora de dormir.

3ª receita

Prepare um meio copo de suco de laranja diluído com uma quantidade igual de água morna.

Adicione duas colheres (chá) de mel e beba antes da hora de dormir.

4ª receita

Adicione uma colher (chá) de mel a uma xícara de chá de hortelã morno.

5ª receita

Combine duas colheres (sopa) de mel com cinco gotas de óleo essencial de lavanda.

Em seguida, adicione uma ou duas colheres (sopa) desta mistura numa banheira com água quente e desfrute de um banho relaxante por 10 ou 15 minutos